quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Fundamentos do Radiojornalismo

Quando a televisão se popularizou nos anos 50, profetizaram a morte do rádio. Meio século se passou e o rádio está muito mais excitante e diversificado do que nunca. Há enorme competitividade por audiência. As pessoas se deparam diariamente com uma gama de mais de 300 canais de televisão, 1.400 jornais, 8.000 revistas e milhões de websites – todos “gritando” por atenção. Por trás dos bastidores, a audiência do rádio tem se mantido firme, com mais de 91% das pessoas do Reino Unido ouvindo-o todas as semanas.

Ele é ainda uma parte essencial de 35 milhões de pessoas – e a notícia é um elemento importante de muitas estações. Isso quer dizer que o rádio oferece um desafio e uma carreira compensadora para jornalistas de todos os níveis, desde os mais bem aparelhados estúdios da British Broadcasting Corporation (BBC) – que tem um grande compromisso com a linguagem radiofônica, até as estações de cidades interioranas, cuja abrangência é apenas local, tocadas por um único jornalista, transmitindo notícias para poucos boletins todas as manhãs.

Dizem que, no Reino Unido, mais pessoas trabalham no rádio que na TV, portanto ele oferece uma ampla oportunidade de carreira. Fundamentos do Radiojornalismo é um manual de trabalho e um guia para radiojornalistas, bem como um livro para estudantes de rádio em todos os níveis. Esperamos que ele seja proveitoso, tanto para quem esteja procurando se engajar no universo radiofônico, quanto para quem tenha muitos anos de experiência em rádio.


Leia mais em: http://www.olivreiro.com.br/pdf/livros/cultura/2116059.pdf

Texto de: Paul Chantler & Peter Stewart
Editora: Roca


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...