quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O país do racismo estrutural


Em 24 de junho deste ano foram encontradas, no Campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Bauru, um conjunto de pichações racistas em um banheiro masculino da instituição. As ofensas foram direcionadas ao professor de Jornalismo e coordenador do Núcleo Negro para Pesquisa e Extensão (Nupe), Juarez Xavier, e às mulheres e aos alunos negros da universidade. A reação a essas manifestações criminosas foi o aumento da discussão sobre o racismo e sobre a presença dos negros nas universidades brasileiras.

Leia matéria no Blog: http://doisdedos-deprosa.blogspot.com.br/2015/09/o-pais-do-racismo-estrutural.html

Beleza negra, transição capilar e representatividade


Conversamos com Luciana Cristina Ferreira, 27 anos, formada pela Unesp em Educação Física, atualmente estudante de Pedagogia na mesma instituição e professora no ensino fundamental I de Bauru e Débora Amarante Teles, 19 anos, de Sergipe, estudante de Engenharia Elétrica, ambas jovens mulheres negras brilhantes que durante toda vida sofreram por não se encaixar nos padrões de beleza vigentes em nossa sociedade.

Leia a matéria na íntegra em: http://x3-livia.wix.com/livsdream#!BELEZA-NEGRA-TRANSI%C7%C3O-CAPILAR-E-REPRESENTATIVIDADE/vav10/55fa122a0cf2e15340f03fd5

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...