quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O país do racismo estrutural


Em 24 de junho deste ano foram encontradas, no Campus da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Bauru, um conjunto de pichações racistas em um banheiro masculino da instituição. As ofensas foram direcionadas ao professor de Jornalismo e coordenador do Núcleo Negro para Pesquisa e Extensão (Nupe), Juarez Xavier, e às mulheres e aos alunos negros da universidade. A reação a essas manifestações criminosas foi o aumento da discussão sobre o racismo e sobre a presença dos negros nas universidades brasileiras.

Leia matéria no Blog: http://doisdedos-deprosa.blogspot.com.br/2015/09/o-pais-do-racismo-estrutural.html

1 comentários:


  1. Realmente é preocupante quando uma discriminação se manifesta num ambiente de educação “formal” superior como vemos em:
    http://saudepublicada.sul21.com.br/2014/09/26/educacao-e-criminalizacao-nao-previnem-discriminacao/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...